Crítica de Show: Dan Torres (28/08/2014)



Foto: Carol Haddad




Na última quinta-feira (dia 28) o cantor e compositor Dan Torres se apresentou no Tom Jazz e demonstrou, mais uma vez, o porquê de ser considerado um dos melhores intérpretes da atualidade. Longe dos palcos paulistanos desde maio do ano passado, a expectativa e a ansiedade eram enormes - e nem mesmo a baixa temperatura que fazia na capital foi capaz de esfriar os ânimos do público, que lotou a casa de espetáculos.

Num show acústico e bastante intimista, Dan passeou por clássicos da música internacional, fez algumas releituras e apresentou também músicas de sua carreira solo. Cantou Michael Jackson ("The Way You Make Me Feel"), Coldplay ("Yellow"), Marvin Gaye ("I Heard It Through The Grapevine" e "Sexual Healing"), Sting ("Englishman In New York") e John Mayer ("Waiting On The World To Change").

Além de canções autorais, como "A Boy With a Dream", "Bring It Around", "Calling", "Got To Live", "Smile Everyday", "Someone To Love", Dan apresentou o sucesso "Lucy In The Sky With Diamonds" dos Beatles, que é tema de abertura da novela Império, da Rede Globo, e sua 16ª música em novelas.

O cantor ainda surpreendeu a plateia ao cantar "Everything Is Changing", música que escreveu para seu filho Luca e "Is This Love" (Bob Marley) em um arranjo totalmente diferente. Acompanhado pelos talentosos Cláudio Souza e Daniel Imenes, o trio mostrou entrosamento e completo domínio do palco - fora a conexão com o público, que foi um espetáculo à parte. Mas como tudo o que é bom dura pouco, o show deixou um gostinho de "quero mais". Resta torcer pela volta - o mais rápido possível - do inglês e sua turma!




Por Bia Anchieta

Comentários